“Arena Salvador” só beneficia o Bahia e o Axé!

Mais uma vez o BLOG usa do expediente de botar para cima o que estava jogado ao lado. Ontem, publicamos ótimas e legítimas argumentações em defesa da reconstrução da Fonte Nova e a desconstrução da teoria fajuta que um estádio próprio é garantia, por si só, de sucesso e títulos para um clube de futebol, como profetiza o presidente do Bahia, o deputado Marcelo Guimarães Filho.

Hoje, a coisa é um pouco mais grave. Usando da rapidez de quem furta, recupero na íntegra um comentário ácido, entretanto com zero teor de agressão de um rubro-negro, que expõe de forma clara e veemente sua contrariedade com a possibilidade da parceria entre Bahia, Vitória, Arena Luso e o axezeiro Durval Lélis para a construção da Arena que, ainda que leve o nome de Salvador, será construída na cidade de Lauro de Freitas.

Ele diz: “Alex, além do cantor e do português quem irá beneficiar-se é o nosso maior adversário, O Bahia, que não tem estádio e que pena há anos. Você Alex, vai fortalecê-lo criar a sua própria cobra e não é isso que a torcida quer de você ou da sua pobre gestão.” Confira.
Vou repetir aqui a minha opinião que já postei em outras colunas deste site, sobre essa matéria da arena compartilhada com o Bahia.

Efetivamente não conseguimos entender o que leva um dirigente a imaginar um tremendo absurdo desse. Aliás, não é a primeira vez que ele tenta de alguma sorte negociar com o Bahia ou fazê-lo parceiro nas coisas mais importantes para a torcida do Vitória. No passado tentou ceder o Barradão, se não fosse à forte reação da torcida isso aconteceria. Pra fazer justiça JORGE SAMPAIO sempre foi contra.

Agora tenta criminosamente um empreendimento junto com um grupo português, o Bahia e um cantor de axé (Durval Lélis), dividir o mando de campo com o maior rival, TIRANDO O FOCO DO BARRADÃO, ONDE SEMPRE FOI, É E SERÁ O GRANDE DIFERENCIAL DO VITÓRIA, que o fez sair do que era nos tempos onde seu pai, Alex Portela, era o presidente ou seja absolutamente nada, um time perdedor no âmbito da Bahia e saco de pancadas do rival e de seus dirigentes, por ser ele, o pai, ingênuo demais para contrapor a sabedoria instalada no outro lado. A história se repete tal pai tal filho.

O lógico, o honesto, o razoável, o decente, o inteligente e o correto com a torcida, é sim, modernizá-lo, criando mais conforto interno, dando-lhe cobertura parcial ou total, criando estacionamento decente, dotando-lhe de uma estrutura interna que seus torcedores mantivessem ainda mais o orgulho que tem do seu estádio e não abrir mão do seu maior patrimônio físico, maior orgulho da torcida, lugar onde ganhamos em poucos anos mais títulos do que em 80 anos antes da era Barradão, para numa atitude irresponsável, egoísta, vaidosa comprometer o futuro em uma empreitada que só vai favorecer ao empresário português e ao cantor de Axé, que quer criar um espaço pra show bussines e precisa de alguém pra bancar a manutenção do grandioso palco que quer construir.

Certamente eles (português, cantor e Marcelinho) viram em você ALEX, a sua ingenuidade latente o sua vaidade de homem pequeno aflorar e foi seduzido com o canto de grande inovador de grande benfeitor para o futuro do futebol baiano.

É uma pena Alex, mas sempre faz tentativas equivocadas, seu ego e seu despreparo, obstaculiza o bom senso e o conceito de razoabilidade. Talvez ALEX, suas energias devessem ser canalizadas pra o comando dentro do clube que dirige, que por falta de deste, da inércia, da desídia e por ser pusilânime deixou o Vitoria correr o risco de rebaixamento e ainda a vias de perder a sul americana, que você não teve competência pra passar pelo primeiro e medíocre adversário internacional este ano.

Alex, além do cantor e do português quem irá beneficiar-se é o nosso maior adversário, O Bahia, que não tem estádio e que pena há anos. Você Alex, vai fortalecê-lo criar a sua própria cobra e não é isso que a torcida quer de você ou da sua pobre gestão.

Não pense que tirar o Vitoria da 3ª e 2ª divisões é o grande mérito seu como dirigente, não é não, foi uma obrigação, e não foi nenhum desafio, face a qualidade dos concorrentes, mérito seria, se delas você saísse com títulos, como fazem os grandes, mas você se contentou apenas com o acesso, adequado ao tamanho de suas ambições esportivas e a insistência de não tornar o Vitória grande.

Acho também Alex que a conversa de que o Vitória pra ser campeão nacional precisa de empreendimento como esse, convenhamos, é para os ignorantes, desinformados e papagaios de outros, pois como já tive oportunidade de aqui mesmo neste site, lembrar, que por essa sua teoria ou a do Paulo Carneiro, o GUARANI, ATLÉTICO PARANAENSE, SPORT, CORITIBA, PAULISTA, SANTO ANDRÉ, JUVENTUDE, CRICIUMA E ATÉ MESMO O BAHIA, não teriam títulos nacionais.

Finalmente Alex, vou ainda, reproduzir o que já escrevi.

“Imagino o São Paulo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Atlético Paranaense, Sport e Náutico dividindo com seus rivais locais um novo estádio e abrindo mão de jogar no Morumbi, Beira Rio, Arena da Baixada, Parque Antártica, Estádio Olímpico e etc. Imagino o que os torcedores desse clube iriam achar de uma proposta imoral como esta.”

Mas, aqui, seu brilhantismo Alex Portela, sua “ boa fé” que em associação com, imaginem, Marcelinho Guimarães, está a produzir esse presente para a nação rubro negra que certamente o fará ser lembrado por muito tempo. Melhor que esqueça isso e saia de forma honrosa quando terminar seu mandato, não saia pela porta do fundo

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. hidden wikki
  2. http://4rent.org.pl/bugatti-type-57sc-atlantic-854.php

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*