Globo e Record disputam a Copa do Nordeste

Bora Nordeste! Já pensaram num Nordeste independente? Pois é! O Nordeste está mexendo com a economia brasileira, os fluxos migratórios se invertem e o futebol não ficaria para trás em novas oportunidades. O povo nordestino adora encher estádios, mas, também, de ver seus principais clubes nas telinhas da televisão. Uma briga entre a Record e a Globo, que deverá render bons frutos para os clubes nordestinos. Leia matéria do sítio máquina do esporte!

Detentor dos direitos de TV da Copa do Nordeste, o Esporte Interativo tem propostas oficiais de Globo e Record pela competição. Se forem espertos, arma um leilão com as duas e arranca uma bolada federal subindo o valor da proposta até uma delas, com a língua de fora, disser com um fiapo de voz: “desisto”. E Nordeste, só para constar dos autos, que é uma região onde a Record mostra mais Estaduais que a Globo – são cinco recordianos (Baiano, Alagoano, Paraibano, Sergipano e Piauiense) contra dois globais (Pernambucano e Cearense).

O Esporte Interativo será responsável pela comercialização dos direitos de transmissão da Liga do Nordeste, torneio regional de clubes que voltará a ser realizado neste ano. Além de exibir o torneio, o grupo de mídia será responsável por vender suas partidas para redes de TV aberta em âmbito nacional.

O retorno da Liga do Nordeste foi anunciado no início de abril deste ano. A competição voltará após oito anos de estiagem e um grande litígio com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que já havia perdido a batalha judicial em duas instâncias.

O calendário da Liga do Nordeste aproveita a estiagem do futebol nacional em função da Copa do Mundo, com início previsto para o dia 9 de junho. As partidas acontecerão até 1º de dezembro, em horários que não sejam conflitantes com o calendário nacional.

Em sua última edição, em 2002, a Liga do Nordeste gerou R$ 15,5 milhões de receitas entre direitos de transmissão e patrocínios. O resultado ratificou o torneio como o caso de maior sucesso entre as competições regionais disputadas no país naquela época.

A Topsports, empresa que controla a TV Esporte Interativo, já havia sido anunciada como responsável pela organização do torneio. O Esporte Interativo venderá também os direitos para TV aberta. Já existem propostas oficiais da Globo e da Record pelo certame.

Deixe seu comentário